Histórico

001

O Colégio Dom Bosco começou uma escola fundada pelo Dr. Arlindo Lima em 1915, em Aquidauna, com o nome de Instituto Pestalozzi. Dois anos depois, essa escola foi transferida para Campo Grande e, em 1927, passou a se chamar Ginásio Municipal de Campo Grande. Em 1930, a Missão Salesiana a adquiriu e o nome foi mudado para Ginásio Municipal Dom Bosco. Nessa época, a escola funcionava com dois cursos: primário e ginásio, em regime de internato e externato.

O primeiro diretor salesiano foi o Pe. João Pian, o qual, além de se fazer grande amigo de alunos e pais, autorizou o início da construção de moderno e arrojado prédio, para os padrões da época, o atual bloco A, inaugurado em 1936. Sob a direção do Pe. João Pian, o Ginásio Dom Bosco recebeu o reconhecimento definitivo, por meio de Decreto Federal, em 1934. Em 1948, através de novo Decreto Federal, mudou o nome de Ginásio Dom Bosco para Colégio Dom Bosco.

Em 1951, sob a direção do Pe. Felix Zavattaro, dois acontecimentos marcaram a história do Colégio: o lançamento da pedra fundamental do atual bolco C e a inauguração do Museu Etnológico Dom Bosco.

Como resultado do trabalho dedicado de muitos salesianos, sobretudo do Pe. João Falco, o Museu Dom Bosco transformou-se não só no maior museu do Estado, mas também em um dos principais pontos turísticos de Campo Grande. Por outro lado, o espaçoso prédio construído ao longo da rua 14 de julho permitiu a instalação, em 1962, da Faculdade Dom Aquino de Filosofia, Ciências e Letras, com os primeiros cursos, estáveis, de ensino superior em Mato Grosso.  No início da década de 70, o internato foi fechado, pois marcantes mudanças na sociedade criavam novas exigências. Aumentaram os alunos do Colégio Dom Bosco e das Faculdades. Vários edificíos foram construídos para atender às novas urgências: 1968, salas para a pastoral, atual bloco D; 1973, biblioteca e teatro, atual bloco B; 1976, novas salas de aula, atual bloco E; 1983, o poliesportivo, ampliado em 1991 torna-se o maior centro poliesportivo educacional do Estado.

Em 1992, a futura Universidade Católica inaugurou o campus da Av. Tamandaré e o Colégio Dom Bosco passou a contar com a totalidade das edificações situadas na Av. Mato Grosso, para desenvolver as atividades educativo-pastorais da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio.

Nos dias de hoje, o grande desafio é a qualidade da inovação. Desde 2018 a escola conta com moderno laboratório de robótica com uso regular dos alunos do Ensino Fundamental – Anos Finais. Nos últimos anos a escola passa por uma reforma profunda em seus ambientes e mobiliários, possibilitando para toda a comunidade educativa mais conforto e comodidade. No mês de outubro de 2018 a inauguração de uma moderna biblioteca garantirá um novo espaço de estudo, pesquisa e convivência, com espaços exclusivos para as crianças, e também com cabines individuais e ambientes coletivos para o estudo.