O ato de brincar também está presente na escola. Os alunos aprendem brincando e brincam aprendendo, desenvolvendo suas potencialidades, interagindo com o mundo das ciências e a imaginação. A relação das atividades culturais e sociais são fundamentais no processo ensino/aprendizagem e a turma do 6º ano fez um belo trabalho! A atividade proposta foi a criação de jogos de tabuleiro onde cada aluno pesquisou um patrimônio histórico de Campo Grande para ser estudado e brincado em sala, utilizando as categorias de análise: Lugar e Paisagem. “Brincar com crianças não é perder tempo, é ganhá-lo; se é triste ver meninos sem escola, mais triste ainda é vê-los sentados enfileirados em salas sem ar, com exercícios estéreis, sem valor para a formação do homem”. (Carlos Drummond de Andrade)